Mesa Redonda – Debate Multidisciplinar

O I Colóquio Internacional Violência Crime e Desvio apresentará uma mesa de debate a respeito das questões de in/segurança nas nossas cidades, com a participação de:

  • António Manuel Leitão da Silva (Comandante da Polícia Municipal da Câmara Municipal do Porto / Commander of the Municipal Police of Oporto)
  • Cristina Soeiro (Psicóloga do Instituto Superior de Polícia Judiciária e Ciências Criminais / Psychologist of the Institute of Judicial Police and Criminal Sciences)
  • Daniel Catalão (RTP / TV Journalist)
  • Luís Fernandes (University of Oporto)
  • Maria do Carmo Carvalho (Catholic University – Oporto)
  • Mário Monte (University of Minho)
  • Ricardo Pinto (Agência LUSA / UFP / LUSA Journalist)
  • Rui Maia (OPVC / UFP / Fernando Pessoa University)

Inscreva-se AQUI

Submeta o resumo para apresentação de poster AQUI

Imagem-Oficina Gráfica UFP-Colóquio organizado com a colaboração do Gabinete de Comunicação e Imagem UFP

Imagem-Oficina Gráfica UFP-Colóquio organizado com a colaboração do Gabinete de Comunicação e Imagem UFP

Anúncios

CRIME E VITIMAÇÃO – PÓLO UNIVERSITÁRIO – PORTO

Crime e Vitimação no Pólo Universitário da Asprela

De acordo com os resultados obtidos no estudo realizado pela equipa do OPVC da UFP,  40% dos estudantes universitários considera que Asprela não é uma zona segura, sendo o furto e o roubo os crimes mais observados. Roubo, furto, e agressão física são os crimes mais temidos. 15% da população estudantil foi vítima de crime naquela área. O estudo realizou-se em estreita colaboração com Comando Metropolitano de Polícia de Segurança Pública do Porto, e foi apresentado com a parceria da Câmara Municipal do Porto

Veja mais no Vídeo realizado e editado pelo

LABORATÓRIO DE TELEVISÃO da Universidade Fernando Pessoa

Aplicação Informática para Agentes de Segurança / OPVC-UFP

Aplicação Informática para Agentes de Segurança / OPVC-UFP

Crime and Victimization in the Universities area of Asprela

According to the results obtained in the study developed by OPVC team of UFP, 40% of students consider that Asprela is not a safe zone. Theft is the most frequent crime observed. Robbery, theft, and physical aggression are the most feared crimes. 15% of the student population was victim of crime in the Asprela area

See more in … Video developed and edited by

TV LAB / University Fernando Pessoa

EM DESTAQUE – OPVC ANALISA SEGURANÇA EM ASPRELA

Diagnóstico Local de Segurança do Polo Universitário de Asprela desenvolvido pelo OPVC vai ao encontro do que tem vindo a ser noticiado

Várias têm sido as notícias e os avisos a respeito da insegurança que se vive na área de Asprela, onde se concentram diversas Universidades da Cidade do Porto. Efetivamente, o Jornal de Notícias alertou e os avisos à população estudantil que se move naquela área têm vindo a crescer, partindo de associações de estudantes das várias Universidades e Institutos Superiores ali sedeados.

A esse respeito, a Universidade Fernando Pessoa, através dos trabalhos desenvolvidos pelos investigadores do OPVC, recolheu já os dados para um estudo exploratório a respeito das questões da insegurança, do crime e da vitimação no Polo Universitário de Asprela. Os dados serão tratados durante o último trimestre do ano e os resultados serão então apresentados ao Comando Metropolitano da Polícia de Segurança Pública do Porto.

Jornal de Notícias

Jornal de Notícias

A partir das conclusões extraídas deste primeiro estudo exploratório, realizar –se-á uma análise mais profunda, abrangendo mais instituições de ensino superior, através do desenvolvimento de um Diagnóstico Local de Segurança (DLS). Para tanto, o OPVC conta já com o questionário construído para o efeito por duas investigadoras da equipa, e que já tem vindo a ser usado para o levantamento de dados de DLS’s, quer em Portugal, quer fora de Portugal, numa adaptação solicitada pela Organização das Nações Unidas (ONU) ao OPVC.

LOCAL SECURITY DIAGNOSIS DEVELOPED BY OPVC , AND THE NEWS THAT HAS BEEN REPORTED

Several news and warnings about insecurity in the universities area (Asprela), where there are various Universities in Oporto.
In this respect, Fernando Pessoa University already collected data for an exploratory study on the issues of insecurity, crime and victimization in the Asprela area of the city.
The research was carried out by researchers from the OPVC, and will be presented to the Metropolitan Police Department of Public Security – Oporto. From the conclusions of this first exploratory study, further analysis will take place, covering more institutions, through the development of a Local Safety Diagnostics (DLS). Thus, the OPVC already has the questionnaire constructed for this purpose. That questionnaire has been already used for DLS’s data collection, either in Portugal or outside of Portugal, through an adaptation requested by United Nations Organization.

%d bloggers like this: