Apresentação Pública de Estudo do OPVC em Parceria com PSP

Apresentação Pública DLS de Gaia

O estudo foi desenvolvido pelas investigadoras Laura M. Nunes e Ana Sani, no âmbito dos trabalhos do Observatório Permanente Violência e Crime e em colaboração com o Comando Metropolitano do Porto – Polícia de Segurança Pública, tendo consistido na elaboração do Diagnóstico Local de Segurança  de Vila Nova de Gaia.

Os principais objetivos da investigação consistiram em obter um conhecimento mais profundo e, simultaneamente, mais alargado sobre as especificidades daquela comunidade, em termos de criminalidade e (in)segurança percebidas. Mais especificamente, procurou-se captar a perceção da população local, quanto aos aspetos seguintes:

  • Criminalidade presente e/ou temida;
  • Experiências de vitimação;
  • Atuação policial;
  • Envolvimento comunitário dos cidadãos;
  • Sentimentos de pertença relativamente à comunidade.

Entre os resultados, podem destacar-se os seguintes:

  • A população local refere a reabilitação dos espaços, o aumento do policiamento e a aposta na prevenção e na educação, como algumas das medidas que poderão contribuir para a sua qualidade de vida e, sobretudo, para o aumento da segurança naquela comunidade;
  • Os inquiridos apontaram o desemprego, a pobreza, o consumo de álcool e/ou drogas ilegais como alguns dos fatores que parecem favorecer a ocorrência de crimes na sua área de residência;
  • Entre os crimes mais temidos pelos participantes no estudo, destacaram-se o roubo e o assalto a residência e, entre os apontados como mais frequentemente observados, salientaram-se o furto, o tráfico de drogas e o roubo;
  • Os vários resultados obtidos permitiram a apresentação de algumas medidas práticas que poderão vir a ser adotadas, numa perspetiva preventiva.
Anúncios

EM DESTAQUE…

 UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA É PALCO DO LANÇAMENTO DO LIVRO

“CRIME, JUSTIÇA E SOCIEDADE: DESAFIOS EMERGENTES E PROPOSTAS MULTIDISCIPLINARES” de Ana Sani e Laura M. Nunes

Capa Livro CJS

O lançamento foi realizado pelo Sr. Professor Pinto da Costa, durante o II Congresso Internacional “Crime, Justiça e Sociedade”

O livro apresenta uma compilação de textos de diversos autores que participaram na primeira edição do congresso anteriormente referido, que se realiza de dois em dois anos na Universidade Fernando Pessoa

ALGUNS MOMENTOS DO CONGRESSO

  II CI CJS JT  II CI CJS AS  II CI CJS SC

Criminologia: Trajetórias Transgressivas

lauramnunes&jorgetrindade_criminologia - trajetórias transgressivas

Disponível em:

livraria do advogado

Crime e Vitimação – Polícia e Análise de Comunidades Urbanas

anasani&lauramnunes_crime e vitimação - polícia...

Disponível em:

edicoesUFP-91_600

bertrand

logo_wook_15

Droga-Crime (Des)construções

lauramnunes_droga-crime descontruções

Disponível em:

edicoesUFP-91_600

bertrand

Crime e Comportamentos Criminosos

lauramnunes_crime e comportamentos criminosos

Disponível em:

edicoesUFP-91_600  fnac

bertrand

logo_wook_15

Drogas e Comportamentos de Adicção

lauramnunes_drogas e comportamentos de adicção

Disponível em:

edicoesUFP-91_600

bertrand

logo_wook_15

Aconteceu na UFP o II Congresso Internacional “Crime, Justiça e Sociedade”

ACONTECEU NA UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA

II Congresso Internacional “Crime, Justiça e Sociedade”

c7c85924dbb98cdee2f27a3005c8fc77

Com o lançamento do livro “Crime, Justiça e Sociedade: Desafios Emergentes e Propostas Multidisciplinares”

Debate de temas como vítimas de crime

Ofensores e perfis criminais

Psicologia e Direito

Entrevista a suspeitos de crime

Diagnóstico Local de Segurança na Freguesia da Sé (Porto)

Se algo mexe com o nosso sentimento de insegurança é, sem dúvida, a constatação de que a criminalidade aumenta, seja por experiência pessoal, seja mediatizada e/ou indireta. As razões podem ser até de cariz estrutural e longínquas, mas a sensação de instabilidade, fruto de incontestáveis mudanças sociais, gera ansiedade, desconfiança e uma reconstrução social e pessoal do risco associado ao meio.

Assim, o objetivo do estudo foi caracterizar o fenómeno do sentimento de insegurança dos moradores da Freguesia da Sé, nas suas componentes objetiva e subjetiva:

  • Indicadores relativos à perceção sobre o crime, a vitimação, violência, desordens urbanas, delinquência juvenil, vandalismo e incivilidades;
  • Indicadores relativos à preocupação com o crime e de ser vítima de crime.

Este relatório apresenta os resultados obtidos através desse estudo, de desenho exploratório, observacional, baseado no método do inquérito e suportado pela técnica do questionário.

[Clique aqui para visualizar gratuitamente o relatório completo.]

%d bloggers like this: