Da equipa do OPVC – Análise sobre Violência e Agressão

Entre a violência e a agressão – um olhar sobre as vítimas, mediante perspetivas complementares

A 2ª Edição de uma obra coordenada por investigadoras do OPVC

Anúncios

CRIME E VITIMAÇÃO – PÓLO UNIVERSITÁRIO – PORTO

Crime e Vitimação no Pólo Universitário da Asprela

De acordo com os resultados obtidos no estudo realizado pela equipa do OPVC da UFP,  40% dos estudantes universitários considera que Asprela não é uma zona segura, sendo o furto e o roubo os crimes mais observados. Roubo, furto, e agressão física são os crimes mais temidos. 15% da população estudantil foi vítima de crime naquela área. O estudo realizou-se em estreita colaboração com Comando Metropolitano de Polícia de Segurança Pública do Porto, e foi apresentado com a parceria da Câmara Municipal do Porto

Veja mais no Vídeo realizado e editado pelo

LABORATÓRIO DE TELEVISÃO da Universidade Fernando Pessoa

Aplicação Informática para Agentes de Segurança / OPVC-UFP

Aplicação Informática para Agentes de Segurança / OPVC-UFP

Crime and Victimization in the Universities area of Asprela

According to the results obtained in the study developed by OPVC team of UFP, 40% of students consider that Asprela is not a safe zone. Theft is the most frequent crime observed. Robbery, theft, and physical aggression are the most feared crimes. 15% of the student population was victim of crime in the Asprela area

See more in … Video developed and edited by

TV LAB / University Fernando Pessoa

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA – NOVAS PREOCUPAÇÕES – NOVAS PERSPETIVAS

“Já não se pensa só no adulto quando se fala de violência doméstica”

Políticas contra violência doméstica também já se dirigem para as crianças, refere uma especialista, investigadora do OPVC, da Universidade Fernando Pessoa…

…VEJA MAIS AQUI

Ana Sani - Investigadora do OPVC -UFP

Ana Sani – Investigadora do OPVC -UFP

 

“We no longer think only in adults when it comes to domestic violence”

Policies against domestic violence has also heading for the children, according to a specialist, researcher at the OPVC of the Fernando Pessoa University  …

Em Destaque – Alienação Parental em Debate

pt banner 1 Investigadora do OPVC  no  I Congresso Lusobrasileiro de Alienação Parental – Invisibilidades Jurídicas

Avaliação Psicológica Forense e Violência Interparental – foi o tema apresentado pela investigadora, uma das palestrantes convidadas.

Oiça a palestra AQUI

IMG_0363 (2)

Ana Sani no I Congresso Lusobrasileiro de Alienação Parental

 

eng banner 1 Highlighted – Parental Alienation in Debate

Researcher of the OPVC at  the I Congresso Lusobrasileiro de Alienação Parental – Invisibilidades Jurídicas (a congress  about Parental Alienation – Legal invisibilities)

Forensic Psychological Evaluation and Interparental Violence – was the theme presented by the researcher, one of the invited speakers.

Listen to the lecture HERE

Investigadora do OPVC representa UFP em congresso realizado no Brasil

pt banner 1 Investigadora do OPVC representa UFP no Brasil

Ana Sani, investigadora do OPVC leva ao VI Congreso Latinoamericano de Niñez Adolescencia y Familia a conferência “Crianças expostas à violência interparental: (In)visibilidades, investigação e intervenção”. O evento contou ainda com a presença de outros prestigiados conferencistas, de que destacamos Jorge Trindade, professor na Universidade Luterana do Brasil e professor convidado na Universidade Fernando Pessoa.

VI Congreso Latinoamericano de Niñez, Adolescencia y Familia

VI Congreso Latinoamericano de Niñez, Adolescencia y Familia

 

eng banner 1 Researcher at the Observatory (OPVC) in Brazil

Ana Sani, researcher at the OPVC presents conference about Children exposed to interparental violence at the VI Congreso Latinoamericano de Niñez Adolescencia y Familia. The event also was attended by other prestigious conference speakers as Jorge Trindade, professor at the Lutheran University of Brazil and invited professor at the Fernando Pessoa University.

OPVC Presente Nas Escolas

OPVC  APRESENTA TEMAS DE INTERESSE PARA AS ESCOLAS

Mestres em Psicologia pela UFP que se encontram a realizar o seu estágio na Clínica Pedagógica de Psicologia da Universidade Fernando Pessoa (CPP-UFP) apresentam ações de formação/sensibilização sobre diferentes temas que se revelam necessidades a colmatar nas escolas.

Em parceria com o programa Escola Segura do Comando Metropolitano da Polícia de Segurança Pública do Porto, os ex-alunos de UFP que se encontram em estágio  na CPP-UFP apresentaram e geraram o debate a respeito de temas que são de crucial importância para as escolas

Cartaz de João Leal, Cristiana Carvalho e Maria Luís Machado

Cartaz de João Leal, Cristiana Carvalho e Maria Luís Machado

 

OPVC PRESENTS CENTRAL ISSUES ABOUT SOME PRESENT PROBLEMS IN SCHOOLS

Masters in Psychology from the Fernando Pessoa University, that are doing their internship in the Pedagogical Clinic of Psychology of the Fernando Pessoa University, presented training actions to some schools about different topics that are important to school context.

In partnership with the Police Department of Public Security / Oporto, students of Fernando Pessoa University presented and generated discussion about issues that are crucial to school. In such actions were explored issues like drug abuse, violence in domestic context, alcohol consumption and parenting, bullying and other important topics…

 

 

EM DESTAQUE… LINHA DE INVESTIGAÇÃO DO OPVC

MAIS UMA LINHA DE INVESTIGAÇÃO DO OPVC

COM UMA PUBLICAÇÃO INTERNACIONAL DE INVESTIGADORES DA UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA

Teresa Reis - Laboratório de Fotografia da UFP

Teresa Reis – Laboratório de Fotografia da UFP

Investigadores do OPVC – UFP apresentam modelo integrador que possibilite uma interpretação possível para a vitimação do indivíduo toxicodependente

O modelo apresentado resultou da necessidade salientada por investigadores de diversas nacionalidades, quanto à urgência de se atender à vitimação de populações específicas como a que apresenta dependência de drogas. Por isso, partiu-se de teorias que se dedicam à explicação da relação droga-crime para, a partir da sua interpretação conjugada com outras perspetivas, se apresentar uma possível análise do toxicodependente, já não apenas como eventual delinquente, mas também como indivíduo vulnerável à vitimação.

Several analyses on the drug-crime link have focused primarily on drug addicts as potential offenders. However, situations in which the addict is also a crime victim are not so rare, and recent analyses convey the need for more research and examination of the victimization of drug addicts as a phenomenon.  So, we explain the potential reasons why drug addicts are so vulnerable to victimization situations, and why there are no registers of these occurrences. Then, we review some models and theories about drug addiction, criminal behaviors and victimization, in order to construct an integrative approach that allows a deeper understanding of the drug addict victimization.

Em Destaque no OPVC…

UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA…

Recebe Professor Ray Bull, das Universidades Derby, Portsmouth e Leicester, para apresentar a conferência

“Research and Developments in the Interrogation of Suspects”

Laboratório de Fotografia da Universidade Fernando Pessoa

Laboratório de Fotografia da Universidade Fernando Pessoa

Na conferência, o Professor Ray Bull salientou:

One of the major assumptions underlying justification for the use of coercive interrogation techniques is the pervasive belief that

  • “…suspects almost never confess spontaneously …”

We must look at:

  • Reasons for coercion
  • Suspects’ views
  • Early revelation of evidence/information
  • The ‘PEACE’ approach

 

Report – Local Security Diagnosis (UN & UFP)

The idea to create model police stations emerged within the collaboration between the UN and Guinea-Bissau, as part of the project “United Nations Integrated Peacebuilding Office in Guinea-Bissau” (UNIOGBIS). Nevertheless, the creation of such police stations lacked an analysis that assessed perceptions of security/ insecurity, crime and incivility, victimization, fear of crime, and communitarian involvement of those specific populations.

Therefore, the project leaders approached and subsequently signed a protocol with the University Fernando Pessoa, through Mr. Deputy Commissioner of Public Security Police (PSP) Mário Moreira, who is currently working at Guinea as Police Administration Advisor within the UNIOGBIS.

Ana Sani and Laura Nunes developed the study, in collaboration with Cristiano Nogueira, Helder Fernandes, Ligia Afonso and Mário Moreira. The scientific report was already sent to the United Nations Organization.

EM DESTAQUE…

 UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA É PALCO DO LANÇAMENTO DO LIVRO

“CRIME, JUSTIÇA E SOCIEDADE: DESAFIOS EMERGENTES E PROPOSTAS MULTIDISCIPLINARES” de Ana Sani e Laura M. Nunes

Capa Livro CJS

O lançamento foi realizado pelo Sr. Professor Pinto da Costa, durante o II Congresso Internacional “Crime, Justiça e Sociedade”

O livro apresenta uma compilação de textos de diversos autores que participaram na primeira edição do congresso anteriormente referido, que se realiza de dois em dois anos na Universidade Fernando Pessoa

ALGUNS MOMENTOS DO CONGRESSO

  II CI CJS JT  II CI CJS AS  II CI CJS SC

%d bloggers like this: