Construção social da violência doméstica mediante a análise de autos de notícia e de denúncia da Polícia de Segurança Pública (PSP)

A polícia surge na linha da frente na resposta social ao crime de violência doméstica, tendo um número considerável de agentes policiais recebido formação especializada no âmbito do Modelo Integrado de Policiamento de Proximidade (MIPP). Este programa estende-se a todo o território nacional e conta atualmente com 250 Equipas de Proximidade e de Apoio à Vítima (EPAV), contabilizando 990 elementos. A presente investigação é composta por dois estudos complementares, um de caráter quantitativo e outro de caráter qualitativo. (…)

[Clique aqui para visualizar gratuitamente a tese (mestrado) completa.]

Anúncios

Representações da Polícia e das Vítimas no empowerment à vítima de violência doméstica

Os agentes policiais estão na linha da frente da intervenção junto das vítimas de violência doméstica. A forma de actuação, envolvendo sobretudo a capacitação da vítima para a melhoria da sua vida, cooperando na garantia da sua segurança, pode constituir um ponto fundamental na representação que estas elaboram a propósito da intervenção social da PSP e do posterior recurso a esta instituição. A nossa investigação consistiu em perceber se a actuação desta instituição vai no sentido do empowerment da vítima de violência doméstica. (…)

[Clique aqui para visualizar gratuitamente a tese (mestrado) completa.]

%d bloggers like this: